Categoria: banner

Me diga com o que você trabalha que eu direi como você deve se vestir

Sim, existe um código de vestimenta para todas ocasiões, por mais absurdo que possa parecer!

Comecei trabalhando muito cedo como modelo, e não precisava escolher o que vestir nas passarelas; os looks vinham montados e esse era um aspecto simples da profissão. Foi no mercado corporativo que precisei aprimorar e aplicar as minhas habilidades perante um armário. Quem nunca experimentou uma mudança de setor, promoção ou troca de empresa? Comigo não foi diferente, depois de alguns anos na área técnica passei a representar uma renomada empresa na área comercial! Em todo lugar importa a imagem que você projeta, mas especialmente na área comercial não se trata apenas se o seu produto é competitivo. O profissional de vendas deve esforçar-se para demonstrar a melhor versão de si!!!

Entendi que eu era a imagem e semelhança da empresa à qual eu representava!

Esta área comercial onde eu atuava exigia uma vestimenta social, deveríamos projetar uma imagem responsável e confiável . Sim, o famigerado terninho fez parte da minha vida durante muito tempo e, como a empresa era muito tradicional, o terninho era utilizado por completo, de preferência preto, já pensou?

Nada contra um terno preto, mas podemos fazer combinações muito mais interessantes desmembrando as peças e adicionando cores, tudo dependerá do ambiente de trabalho…

Depois de pouco tempo na nova função comecei a estabelecer uma relação entre a roupa que eu vestia e a reação dos clientes, não estou falando de terninho da sorte, ou coisas do tipo. Algumas reações eram excelentes, mesmo quando o preço proposto para o negócio era um pouco superior aos demais e algumas vezes, a reação não era tão maravilhosa assim, mesmo com preço competitivo… E sabe o que eu percebi?

Quanto mais semelhante a minha roupa fosse da roupa do cliente, maior as minhas chances de fechar negócio!

Veja a foto abaixo:

AltSão 3 mulheres com estilos de roupas idênticos… No meio temos a editora-chefe da Vogue francesa, Emmanuelle Alt e as outras duas trabalham com ela… A sua assistente Geraldine, de calça branca e a editora de moda  Capucine Safyurtlu.

O ser humano, de maneira geral, é mimético, se aproxima e confia nos iguais. A sua imagem deve gerar confiança não somente em você, mas também no seu interlocutor, ou seja, você deve buscar projetar a mesma imagem que o seu cliente projeta. Depois de entender na prática como essa dinâmica funcionava, passei a me vestir de acordo com o cliente. Faço isso até hoje!

Você pode achar que eu mudo de estilo todos os dias, não é? Na realidade eu não mudo o meu estilo, o que acaba alterando são as composições que faço para os looks que uso – hora mais criativos ou mais românticos, etc – sem perder a minha identidade e o meu jeito.

Isso vale também para a minha consultoria, nela nós iremos construir a melhor imagem em conjunto, alinhando os objetivos, life style e profissão para alcançarmos a melhor versão da cliente. Por isso, me diga com o que trabalha que eu direi como você deve se vestir…