Tag: image consultant

Maxi tee é a nova aposta para o verão

27.maxi tee                                                                                                                                                                          (foto reprodução internet)

 

A peça apareceu no desfile da Chanel e, imediatamente, passou a fazer parte dos closets de diversas fashionistas. Aproveitamos a tendência e reunimos várias dicas para você utilizar a maxi tee com muito estilo:

 

1) Combine com short, calça skinny ou legging (não é aquela legging que você usa na academia). Acrescente os acessórios com formatos geométricos e coloridos para um visual mais descontraído;

2) Use e abuse das sandálias rasteiras. A gladiadora, que é polêmica para muitas mulheres, fica excelente quando utilizada com a maxi tee. Prefira uma cor neutra para a sandália;

3) Se você gosta de marcar presença, utilize a peça com calça de alfaiataria e arremate com um tênis slip-on ou outro sneaker – só não vale o tênis com cano alto, ok?

4) Muito cuidado se desejar marcar a cintura! Dependendo do seu formato de corpo, você poderá aumentar visualmente o seu quadril ou busto;

5) Aposte na combinação maxi tee e saia lápis! Acrescente bijuterias minimalistas, uma clutch e sandália de salto grosso. Assim, você estará pronta para um evento informal;

6) Se você possui ombros mais largos que o quadril use a peça como vestido, porém, nunca esqueça de equilibrar o seu formato de corpo. Adicione, por exemplo, uma ou várias pulseiras;

7) A maxi tee apresenta vários comprimentos. Se você for baixinha evite o midi com fendas laterais ou use com sapatos cor na pele e que não cubram o peito do pé;

8) Evite combinar a maxi tee com peças largas ou amplas. Combine com roupas ajustadas ao seu corpo;

9) Quer um look mais elegante? Prefira a maxi tee de seda com uma única abertura e utilize com uma calça mais ajustada ao corpo, o comprimento da calça deve ser até o ossinho do tornozelo. Complemente o look com uma sandália de duas tiras e salto grosso;

10) Pode ser utilizada como saída de praia: use com short jeans, rasteirinha e, se desejar, acessórios de resina (que também são tendência);

 
Dica S4Y2: É fundamental equilibrar a sua imagem – seja qual for a tendência. Brinque com as formas dos acessórios para adicionar volume ou desviar o olhar dos lugares que você desejar.

Aproveite as dicas!

O terno masculino

Todos concordam que um homem bem vestido projeta uma imagem de sucesso, certo? O que ninguém lembra, é o somatório de coisas que o homem precisa prestar atenção na hora de escolher o traje: O tamanho da calça e sua bainha, o comprimento da manga, a largura da calça, o tipo de tecido… Para facilitar a vida deles, vamos compartilhar algumas dicas que são utilizadas numa consultoria de imagem ou pelo próprio alfaiate:

terno
1) Se você acha que um determinado terno não vale o investimento, pense duas vezes – principalmente se você utilizar o traje para trabalhar;

Isso significa que, quanto mais você utilizar uma peça, mais barata ela será! Por isso, nem sempre um terno que custa 5 dígitos ou mais, é caro. Vamos fazer uma conta rápida:

Digamos que você tenha 5 bons ternos e utilize um para cada dia da semana. Vamos desconsiderar férias e calcular uma média de 4 semanas por mês, logo, você deverá utilizar o terno 48 vezes por ano.
1 Terno: R$ 3.000,00
Vida útil média: 6 anos
Uso x vida útil: 48 (dias de uso/ano) x 6 (vida útil média) = 288

Então, devemos dividir o valor do terno pelo número de vezes que ele será utilizado ao longo da sua vida útil estimada.

R$3.000,00 : 288 = R$ 10,42 será o valor de cada terno por uso.

Agora, se você for usar apenas para ocasiões especiais, aumente a vida útil e reduza a quantidade de usos por ano. Se você usar o terno 4 vezes ao ano e o traje “durar” 8 anos (32 usos), ele custará R$ 93,75 por uso.

2) Lembre-se que o terno deve apresentar um caimento impecável.

3) O tecido precisa ser de qualidade, inclusive o forro! Normalmente os bons ternos são feitos com lá.  Existe uma classificação para determinar o tipo de lá –  Terno Super 80, Terno Super 100 e assim por diante. O melhor tecido para ternos é a lã fria e, para ser considerado um terno de lã fria, a classificação deverá ser igual ou superior a Super 100. Quanto maior o número seguido do Super, mais leve, fina e mais cara é a lã.

Algumas marcas renomadas, utilizam uma combinação de lã fria com mohair (que é um tecido nobre, semelhante à seda, obtido através do pelo de cabra Angorá), deixando o tecido final com um maior brilho. Mas atenção: Um terno feito apenas com mohair ficará exagerado por apresentar muito brilho;

4) Veja, no paletó, se a costura respeita o tamanho dos ombros. Ela deve ficar exatamente em cima dos ombros;

5) A calça deve estar alinhada com o comprimento e não pode ser larga ou justa demais;

6) A manga do paletó deverá ser um pouco menor do que a do punho da camisa;

7) Lembre-se de não abotoar todos botões do paletó. O último (aquele botão que está próximo da calça) não deve ser abotoado. Você poderá abotoar apenas o do meio ou os dois primeiros, se o terno possuir 3 botões. E o primeiro botão (próximo da camisa), caso o terno possua 2 botões;

8) De nada adiantará investir em um terno de qualidade se você colocar uma gravata com aspecto barato, ou se você não souber adequar o tamanho do colarinho ao nó utilizado… Prefira as gravatas de seda e, se possível, confeccionadas manualmente;

9) Leia as instruções de lavagens e siga as orientações do fabricante. Aquela etiqueta não está no terno por acaso;

10) Para uma aparência elegante e tradicional, escolha os nós mais clássicos:

Half- Windsor:

half windsor

 

Windsor:

windsor

 

Four in hand:

 

four

Esperamos que vocês aproveitem as dicas!!!

O novo comportamento masculino

Percebemos, ao longo dos anos, uma mudança no comportamento masculino: antes, bastava uma barba feita (ou aparada), um terno e, quando muito, gel no cabelo… Quantas vezes as mulheres comentaram sobre a “injustiça” nessa praticidade?!

Mas hoje em dia, o homem possui informação de moda, cuidados com a pele, comportamento, entre outros. E está dedicando um tempo maior à aparência. Passaram a perceber que vários contratos e negócios são firmados fora do escritório. Uma imagem adequada faz toda a diferença e não basta estar vestido corretamente no trabalho. É preciso estar sempre bem apresentado no happy hour, nos eventos, nas festas de fim de ano da empresa, no shopping, na balada e até no churrasco do final de semana…

Entendendo essa evolução, os mercados de cosméticos, jóias e indústria fashion estão investindo nos homens. Citando apenas 2014 e 2015, podemos identificar várias marcas que eram focadas no universo feminino e passaram a flertar, também, com o universo masculino.
Por exemplo, a Helô Rocha, da Têca, lançou (oficialmente em agosto/2015) uma pocket collection. Por não ser uma coleção completa, apresentou apenas moletons, camisetas, um modelo de bomber jacket, um colete, uma calça e uma bermuda.

 

bomber Têca                                                                                                 Bomber jacket da Têca.
No início no ano de 2015, a especialista em rendas, Martha Medeiros, também apresentou 12 modelos de camisas. O produto gerou muito comentário e não caiu no gosto da maioria dos homens… Mas vale o registro:

 

Martha                                                                          As camisas em renda da estilista Martha Medeiros.
Em setembro/2014, o designer de jóias Jack Vartanian lançou a sua primeira coleção masculina – 15 itens em prata, com efeito, escovado.

 

jack-vartanian                                                                                               Três peças da coleção de 2014.
A maioria dos homens deseja simplicidade nas escolhas diárias de suas roupas e acessórios, mas não abrem mão de uma imagem de sucesso!

Nós, da Styling4youtoo, aprovamos o novo comportamento masculino.

Sneakers, você já escolheu o seu?

O tênis surgiu nos EUA, após a descoberta da vulcanização (fórmula para preservar a borracha) feita em 1839 por Charles Goodyear. Com a vulcanização, foi possível substituir o solado de couro ou madeira dos calçados pelo solado de borracha. E assim começou a história de um item que continuamente se reinventa até hoje!

Vira e mexe o item aparece como must have e nos pés de várias it-girls, principalmente depois do desfile de 2014 da Chanel… Agora pare um momento e pense, você já tem o seu?

Sempre escutamos as mulheres falando que não abrem mão do salto, ou que não tem a ver com o estilo delas, ou ainda, que não sabem como utilizar…

Mas fato é, o tênis é um acessório fashion e pode fazer toda a diferença no look!

Veja algumas sugestões:

 

1) Slip-on:

slip_on-e1393358889120
É o mais fácil para combinar!

slipon4

 

 

2) E o adidas, gente?! Você viu a coleção do Pharrell Williams?

Pharell
Viu e não sabe como usar?

adidas

 

 

3) Isso, sem falar no Converse:

tenis-converse-all-star-ct-as-tri-zip-hi-prata-ct3781151-1000x1000Veja como a Olívia Palermo usa:

olivia

Inspire-se, experimente e escolha qual modelo combina mais com você!

 

Suede para o verão? Sim!!!

Aqui no Brasil o verão é sempre escaldante – melhor nem lembrar – e, contrariando a obviedade dos tecidos leves, o suede ou camurça continuará sendo tendência e dentro do seu armário!

Se você achava que qualquer peça de suede mais parecia coisa de cowboy, vai precisar rever alguns conceitos… A camurça possui característica mais esportiva e está aparecendo em todo tipo de modelagem: vestidos, calças, saias, camisas, camisetas, regatas, jaquetas, coletes…

Qual é a grande aposta para a peça ficar leve nos dias de calor? Além de modelos adequados para o verão, a cor fará a grande diferença!!!

Abaixo separamos três peças que você terá facilidade para usar no nosso verão:
image                                                                                      Pantacourt de suede, duas tendências em uma peça!

 

img-thing                                                                                             Regata de suede, um coringa no armário!

 

BN-GF190_skirts_J_20141230120040                                                                   Saias: use com uma regata de seda ou uma camiseta levinha (podrinha), fica lindo!

 

 

Aproveitamos para montar 3 produções all suede:

Suede

Da esquerda para direita: lazer, happy hour e trabalho. Você pode conferir os créditos das peças no nosso Pinterest.

 

 

Dicas S4Y2:

1) O suede é um tecido mais estruturado e você deverá experimentar todas as peças antes de comprar;

2) Procure sempre equilibrar o seu formato de corpo, por exemplo, se a saia suede apresentar um formato “A”, veja se o seu ombro ficou proporcional no look;

3) Siga o exemplo das francesas – saia curta (acima do joelho) e mini ficam mais elegantes quando utilizadas com sapatos baixos, já as saias abaixo do joelho ficam excelentes com saltos;

4) As peças em suede devem ser lavadas a seco, veja sempre a etiqueta com as instruções;

 

Esperamos que você aproveite as dicas!